Músicas Grey’s Anatomy Temporada 13 Ep 1 “Undo”

Músicas do 1º episódio da décima terceira temporada de Grey’s AnatomyUndo, com as cenas em que elas tocam.

Músicas Grey’s Anatomy Temporada 13 Ep 1

– Undo por The 1975 – nome do episódio

– Testify por Davie – início do episódio, recepção de casamento do Owen e Amelia; monólogo da Meredith (final do post); Nathan vai conversar com a Meredith e comenta sobre Amelia e Owen estarem felizes, depois chama ela para dançar, a Meredith não aceita e Maggie aparece e chama ele; Alex chega no hospital de ambulância com DeLuca; Meredith e Nathan vão do lado de fora da festa para conversar, Meredith recebe ligação da Jo falando sobre DeLucca, eles entram para avisar Maggie

– All I Do por Yuna – DeLucca fica apavorado ao ver Alex e começa a gritar para ele sair; Nathan encontra Meredith sentada sozinha na sala de descanso, eles conversam e ela pede para ele sentar com ela; Alex passa pelos policiais e pensa em se entregar; Meredith entra no escritório da Bailey e conta que Alex quem bateu no DeLuca

Músicas Grey’s Anatomy Temporada 13 Ep 1
Músicas Grey’s Anatomy Temporada 13 Ep 1

– Bring It Back To Me por Martin Luke Brown – Bailey vai falar com Alex e ele é preso pelos policiais; Jo, Richard e Catherine olham Alex sendo levado algemado; Bailey, Maggie e Meredith ficam olhando ele sendo levado, Maggie pergunta a Meredith se ela planejava mentir para todo mundo

– Hallelujah por Alicia Keys – final do episódio, Meredith fala para Nathan que não sente nada por ele, ela entre em casa e deixa ele do lado de fora; monólogo da Meredith; Meredith entra em casa e Maggie pergunta quem era, ela fala que era alguém pedindo informação; Meredith vai na prisão visitar Alex e eles conversam sobre serem responsáveis pelo que fazem

“Você não gostaria que pudesse retirar? Aquilo que falou? Aquilo que fez? Não existe botão desfazer. Só existe esperança para que aprendemos. Nós podemos mudar, certo? Podemos fazer melhor. Não podemos retirar o que fizemos. Não podemos desfazer o passado, por que o futuro continua voltando até a gente. Melhor manter o passado no passado. Seguir em frente. Aprender com ele. Nós não aprendemos com nossos erros, nós acamos presos em um futuro que nunca escolhemos. O passado está escrito, não tem como mudá-lo. O que está feito está feito, mas o futuro é nosso para escolhermos, para o melhor ou o pior. (Meredith Grey)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.