Músicas Grey’s Anatomy Temporada 15 Ep 13 “I Walk the Line”

Músicas Grey’s Anatomy Temporada 15 Ep 13. Músicas do 13º episódio da décima quinta temporada de Grey’s Anatomy, I Walk the Line, com as cenas em que elas tocam.

Um mar de pacientes enchem Grey Sloan Memorial depois de um tiroteio no desfile. Um problema do passado coloca Maggie em uma situação difícil no mesmo dia que Meredith tenta conversar com ela sobre Deluca. Enquanto isso Owen e Amelia têm surpresas relacionadas à Betty.

Músicas Grey’s Anatomy Temporada 15 Ep 13

Trilha instrumental por Danny Lux (compositor da série)

Todas músicas instrumentais tocadas no episódio que não foram especificadas no post.

I Walk the Line por Johnny Cash

Título do episódio.

Never Gonna Catch Me por Las Palmas

Início do episódio, voz da Mer falando (frase no fim); DeLuca aparece e paga o café para Meredith e comenta sobre saírem a noite, ela fala que tem que conversar com Maggie; Teddy e Tom conversando, Owen interrompe.

Very Traditional / Scotland the Brave / Rowan Tree por Los Angeles Scots Pipe Band

Owen, Alex e os outros médicos vão do lado de fora do hospital olhar de onde está vindo a música.

Life On Earth por Snow Patrol

Maggie e Meredith operam Kimberly; Owen e Alex passam por problemas na operação do Colin; pai do Colin e outros escoceses esperam do lado de fora.

Macleod’s Oran Mor/Rory Macleod/Donald Cameron’s Powder Horn por The ScottishPower Pipe Band

Uma pessoa da banda começa a tocar a gaita de fole sozinho do lado de fora do hospital; Jo troca os quadros da Miranda e Alex; Owen e Jackson vão para casa com os filhos e ficam olhando o homem tocando.

Superposition por Young the Giant

Final do episódio, Teddy passa no quarto do Tom e fala sobre serem mais que amigos; Meredith concorda em sair com Andrew, mas avisa que ela vai dirigir.

Angel por Kodaline

Promo do episódio 14 ‘I Want a New Drug’

“Existe uma linha imaginária no centro cirúrgico. Você esfrega, coloca luva, se veste e se aproxima do campo estéril. É um limite importante. Está lá para proteger o paciente e você. Sem essa linha, milhões de coisas podem dar errado. Engraçado que uma coisa tão importante é completamente invisível. Existe uma razão para a primeira palavras de tantos bebês ser “não”. É porque é a palavra que eles mais escutam. Dos segundos em que nascemos, queremos cruzar a linha, ultrapassar os limites, testar os limites. Mas depois crescemos e aprendemos que nem todas as regras são ruins. Alguns limites protegem a gente. Algumas linhas nos mantém seguros. O bom de ser adulto é que podemos escolher por nós mesmos. Podemos estragar as regras ou podemos fazer as nossas próprias. (Meredith Grey)”

Aproveite para conferir nossa página com todas as músicas de Grey’s Anatomy separadas por temporadas e episódios.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.