Músicas Grey’s Anatomy Temporada 17 Ep 10 “Breathe”

Músicas Grey’s Anatomy Temporada 17 Ep 10. Músicas do 10º episódio da décima sétima temporada de Grey’s Anatomy, Breathe, com as cenas em que elas tocam.

“A falta de ventilação no hospital deixa os médicos gravemente preocupados quando a mãe e a filha estão em estado crítico com COVID e lutando pelo último ventilador. Enquanto isso, a cunhada de alto risco de Hayes com esclerose múltipla acaba no hospital com uma pedra nos rins, e a casa da irmã tem mais alguns filhos juntando-se a ela enquanto Amelia brinca de babá.”

Músicas Grey’s Anatomy Temporada 17 Ep 10

Trilha instrumental por Danny Lux (compositor da série)

Todas músicas instrumentais tocadas no episódio que não foram especificadas no post.

Trouble Don’t por AG (feat. Rey)

Início do episódio, voz da Meredith falando (frase no final); Meredith sentada na praia, ela levanta para se molhar, Lexie aparece; na vida real, Jackson e Owen trocam o respirador da Meredith; outros médicos cuidando de pacientes de Covid; Jo segura Luna no colo; Owen encontra Teddy segurando Allison no colo.

Músicas Grey’s Anatomy Temporada 17 Ep 10
Músicas de Grey’s Anatomy a Anatomia de Grey

Paper Thin por Lianne La Havas

Winston escuta música no quarto de descanso, Maggie entra e senta com eles, os dois escutam música juntos, ela é chamada para atender.

Sun Song por TRVSTFALL

Lexie e Meredith conversando na praia, Mark aparece e se junta à elas; Meredith olhando Mark e Lexie na praia.

Hump Day original por Jake Borelli

Levi canta essa música para a paciente Marcella.

Run Like a River por Jamica

Owen e Richard removem o tubo da Meredith; Meredith, Lexie e Mark conversam na praia; os médicos se reúnem e comemoram a recuperação da Meredith.

Sing Louder por TRVSTFALL

Final do episódio, Winston pede a Maggie em casamento, ela aceita e eles se beijam; Jo e Jackson se pegando na cama, Jo comenta sobre a mãe dele; Teddy e Amelia fazem jantar, Owen chega e conta a novidade sobre a Meredith.

Monólogo do Meredith

“Até recentement os médicos iriam dar um tapa nas costas do recém-nascido imediatamente após o nascimento. Não é que eles queriam que o bebê chorasse. Eles precisavam que o bebê chorasse. Isso significava que o bebê podia respirar por conta própria. Felizmente não fazemos mais isso. Mas ainda prendemos a respiração até que escutemos esse choro. E não importa se você é o médico do bebê ou a mãe. É o som mais bonito do mundo. A primeira vez, pelo menos. O primeiro minuto na vida de um bebê é o mais aterrorizador. Nesse minuto, um milhão de pequenos sacos aéreos têm de se abrir e encher perfeitamente de ar. É uma forma bastante traumatizante de entrar no mundo real. Neste minuto, seu mundo inteiro pára. É como se o tempo ficasse parado. E se estou sendo honesta, esse minuto é puro inferno. Mas felizmente, a maioria das vezes, começa o choro, o bebê está bem, e o resto de nós na sala podemos finalmente respirar de novo. (Meredith Grey)”

Aproveite para conferir nossa página com todas as músicas de Grey’s Anatomy separadas por temporadas e episódios.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.